segunda-feira, 2 de abril de 2018

15 meses de Missão em Mecubúri

Moçambique que é o 3.º país do Mundo mais afectado pela Lepra, e concretamente a Provincia de Nampula, tem cerca de 70% dos leprosos do país. Dentro desta provincia, foi no Distrito de Mecubúri que a APARF me colocou a realizar o meu desejo de ir em Missão para cuidar de Leprosos.

Como preparação para este trabalho, participei, em 2001, no Curso de Leprologia para Pessoal Paramédico, no sanatório de Fontilles, em Alicante – Espanha. Neste cursointensivo aprendemos, na teoria e na prática, um pouco de tudo sobre o Bacilo de Hansen (bacilo causador da Lepra): como detectar, como diagnosticar, como efectuar a análise clínica, como prevenir, como tratar, quais os medicamentos a utilizar e com que dosagem, como reabilitar o doente com complicações de Lepra, outras doenças parecidas, etc.

Assim, depois de acabar a minha licenciatura em Organização e Gestão de Empresas e de estagiar profissionalmente numa empresa durante 7 meses. Depois de 10h30 de avião para Maputo, uns dias de espera lá e 2h de avião para Nampula, cheguei à Província que foi minha durante 15 meses. Dois dias depois, e após uma longa viagem de LandRover por caminhos de terra batida e lama, passando por 36 pontes e andando debaixo de chuva, percorremos em 2 horas os 84Km que nos levam ao nosso humilde Distrito de Mecubúri. Foi no dia 27 de Janeiro que a Comunidade das Irmãs Servas de Nossa Senhora de Fátima me acolheu carinhosamente para partilhar com elas toda a vida de Missão durante estes 15 meses. Na comunidade passámos a ser cinco: Ir. Assunção (agora substituída pela Ir. Carmo), Ir. Delfina, Ir. Sandra, Ir. Cristina, e Ana Margarida. Na equipa missionária éramos sete, nós as cinco mais os padres: Pe. Constantino e Pe. Muririua.

Logo que cheguei comecei a colaborar nos trabalhos de Pastoral, ajudando a Ir. Assunção nos cursos de catequistas. Depois apresentei-me ao Serviço na Saúde, junto do Enfermeiro Paulo Rosário, Supervisor Distrital do sector ELAT/ELAL (Estratégia de Luta Anti-Tuberculose / Estratégia de Luta Anti-Lepra), no dia 30 de Janeiro de 2003, no Centro de Saúde de Mecubúri. No mesmo dia comecei também a acompanhar o estudo das meninas que tínhamos no Lar Feminino. Mais tarde a Administradora do Distrito pediu-me para dar aulas de Matemática por haver falta de professores na Escola Secundária, e apresentei-me na escola a 17 de Fevereiro. Assim, a minha vida em missão teve três áreas principais de trabalho: Saúde, Pastoral, e Ensino.



Sem comentários:

Enviar um comentário